Arquivos Mensais: Setembro 2010

Tão leve que nem chegam a sentir-lhe o peso

Não adianta nem chorar. As medidas de austeridade estão aí e vieram para ficar. Não adianta fazer contas agora ou lamentar a fraca liderança de um Primeiro-Ministro muito mais voltado para o que será o seu futuro europeu do que … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Bilbao – o regresso…

Acordei com um cansaço imenso. É o acumular de noites mal dormidas, de quilómetros percorridos e muito pouco entusiasmo. Bilbao não nasceu para ser a minha cidade. Ia destestar viver aqui. Tem um rio, umas pontes engraçadas e arquitectonicamente pode … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Bilbao- dia 4

Se me apanho em Portugal, até penso que é mentira! Estou enjoado da cidade. Não consigo gostar e só isso chega para querer ir embora. Acordei muito cedo. Demasiado cedo. Apanhei o autocarro e tive uma agradável conversa com o … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Bilbao – dia 3

Saí a correr. Adormeci só pela manhã e sair de cama foi uma péssima experiência. Fiz-me á estrada em direcção ao tão famoso guggenheim. Não há dúvida que a arquitectura é bem diferente. Mas não senti o edifício como sendo … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Bilbao – dia 2

Não comecei o dia cedo. Para quê se o dia é tão longo quando andamos sozinhos… Mesmo numa cidade deste tamanho. Ontem esqueci de registar a prova mais que real de que o mundo é mesmo um lugar muito pequeno. … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Bilbao- dia 1

A primeira vez que voei na vida, gostei. Depois de fazer a ligação, o segundo voo não foi tão interessante e a partir daí apanhei um certo receio de voar. Aliás, odeio voar. O meu dia até começou bem mas … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Assim se passam os dias entre angústias encobertas e gente acéfala

Sinto uma náusea tão grande quanto a angústia que me tem perseguido nos últimos dias. Não sei ao que vem ou ao que vai. Apenas sei que a sinto como uma presença omnipotente na minha Vida. Tudo anda devagar… e … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário