Arquivos Mensais: Abril 2009

‘ A propósito de uma revolução ‘

Há uns dias que se fala de uma revolução que nos dias de hoje parece longínqua e os seus ideais um sonho perdido por entre páginas de livros amareladas. E de tão amarelo quase nem se lê o que de … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ E ninguém repara neles… ‘

Enquanto fazia um zapping rápido na noite de ontem fui confrontado com um concurso daqueles de cantorias para crianças. Era o momento mais emocionante para os espectadores pois iam ser escolhidos os semi-finalistas. Resolvi dar o benefício da dúvida e … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Na Imitação da Vida, ninguém vai superá-lo’

Hoje, enquanto lia o sétimo e último volume de toda a obra do Fernando Pessoa intitulado ‘Cartas’, pensei no absurdo que é dar ás palavras entoações e ênfases diferentes consoante quem interpreta. Passo a explicar, no caso concreto é inadmissível, … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Prolongar o prazer, de estar feliz ‘

Raramente fico satisfeito comigo mesmo. Tenho uma ânsia absurda de perfeição. Convenço-me que antes isso que ficar a imaginar que tudo está óptimo mesmo quando as coisas não estão da maneira que deviam estar. O melhor seria fechar os olhos, … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Sorrir com um sorriso de câmera lenta ‘

Guardo o direito à indignação como um bem essencial ao meu equilíbrio. Tudo o que acontece merece ser comentado, pensado e discutido. Penso em tudo com a inocência de uma criança que olha para a montra da vida e apenas … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Nem mais, nem menos ‘

Existe, concerteza, um lugar onde todas as minhas frustações vão parar. Um dia é o trabalho que não corresponde, noutro as pessoas que não correspondem. Há até dias em que este País parece não corresponder ás minhas expectativas… Mas o … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ A minha fé é o pilar que segura a minha bandeira ‘

A fé tem estranhos desígnios que nos ultrapassam. E que fé é esta que nos domina, arrasta e nos faz feliz? Não é Cristã, não é muçulmana nem qualquer crença. A fé na verdade não é mais que uma necessidade … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário