Arquivos Mensais: Março 2013

Ensaio sobre uma identificação

É impressionante como hoje em dia quase tudo se paga. Até para ter uma identificação. E não se paga pouco! Fazer um cartão do cidadão custa a módica quantia de 15 euros. Eu compreendo que em alguns casos (perda, danificação…) … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre a moção de censura popular

Em Portugal tudo se faz com muito fogo de vista. Se pensarmos na política, o jogo de querer aparecer e ser notícia é ainda mais evidente. Temos agora uma promessa de uma moção de censura ao governo. Não é que … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre o novo Papa

Temos um novo Papa. Embora não seja católico, tenho a obrigação de respeitar a crença e perceber que este é um momento importante para milhões de pessoas. A esperança e a fé são motores para a Vida de muita gente. … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre um pai

Não falo com o meu pai. Não é pelo estilo de vida que tem, completamente dominado pela bebida, mas antes por ter cruzado os braços quando as suas mãos estendidas eram mais do que necessárias para que se conseguisse manter … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre o dever cumprido

Ando às voltas com o trabalho. Estes últimos dias estão a ser muito intensos. Começam muito cedo, acabam muito tarde. Aulas, protocolos, contactos, preparação de amostras. Vida laboratorial e de gabinete. Coisas para as quais sou pago e tento condensar … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre os escolhidos

Não gosto de voltar aos mesmos assuntos. Fico sempre com a sensação de me repetir. Mas não resisto a falar da Troika. Os senhores engravatados que representam os nossos credores circulam pelos corredores da nossa Democracia impondo as suas vontades … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre o tamanho da Vida

Para tudo na Vida há solução. Só a Morte é tão irremediável e definitiva que não nos permite ter uma atitude. Não a podemos enganar nem ultrapassar. Quando chega não perdoa nem permite ensaios… Tudo o resto é só Vida. … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário