Arquivos Mensais: Janeiro 2009

‘ A minha postura vem de dentro para fora ‘

Os dias não estão melhores. Continuo ocupadíssimo entre projectos, resultados, amostras e ainda numa necessidade absurda de ter de provar o quão correctos são os meus métodos científicos. Enfim, coisas de trabalho que não têm e nunca terão maior relevância … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

‘ Não se perca ao entrar no meu infinito particular’

Não sou pessimista nem sequer uma pessoa triste ou amarga. Escrevo melhor quando estou abatido ou cansado. Nem eu entendo muito bem porquê mas pareço mais capaz de escrever só por ter como companhia coisas negativas. Talvez seja uma (boa) … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Parto um prato, mas não quebro a cara ‘

Há muito tempo que não parto um prato na parede. Há muito tempo que não solto a frustação que sinto quando à minha volta tudo parece tão irreal… Estou numa dessas fases em que ninguém parece acalmar este meu ímpeto … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ onde os sonhos ficam por realizar…’

Não dormi esta noite e madruguei como de costume. Abri a janela e fiquei na cama com os braços enlaçados no meu tronco. Precisava de um abraço e um gesto de carinho que não chegou. Deixei-me ficar horas assim: roupa … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘… para secar o ambiente molhado que me rodeia ‘

Os dias correm muito depressa por esta altura. Talvez seja esta alternância entre dias que se arrastam e dias que passam a uma velocidade estonteante que me fazem perder, por vezes, a tão necessária noção do tempo. Sempre imaginei o … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | 1 Comentário

‘ O ombro banal que denuncia a pena que me dás’

É bem mais fácil ser egoísta. Olhar para baixo e ver apenas um umbigo lindo, o nosso. Tudo passa a ser mais simples. Mas depois, quando as coisas nao correm bem, em vez de um abraço de carinho ou Amor, … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

‘ Essa é a cor da luz que me guia… ‘

Hoje estou completamente apático. Não consigo fazer absolutamente nada que não seja pensar. E isso esgota-me. Cansa-me muito mais que correr quilómetros abstraído do que realmente interessa: a Vida. Não estou nostálgico ou triste. Apenas cansado e desmotivado. É nestes … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário