Arquivos Mensais: Abril 2012

Ensaio sobre o aparato

Uma democracia onde é preciso um aparato policial para obrigar uma região autónoma a entregar documentos, não pode ser levada a sério. É que das duas uma: ou alguém anda a brincar às figuras históricas e julga ser Napoleão, ou … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre a repulsa

Não espero qualquer retorno dos bons conselhos que vou deixando. E dou-os de bom grado mesmo às pessoas que sei não suportarem respirar o mesmo ar que eu. Pois bem, do tamanho da sua aversão, é a sua estupidez. São … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre despertar penas

Há muito que queria escrever sobre o terrível vício das pessoas que tendo liberdade para escolher os seus próprios horários dão o pior de si para conseguir, por exemplo, trabalhar um fim de semana ou num feriado. Organizam wokshops e … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre pegar fogo ao invés de arder

Quando estou uns dias sem escrever, custa-me muito recomeçar. Fico bloqueado e até parece que não existem temas suficientemente interessantes para que possa dizer algo sobre eles. É por isso que tento não deixar as ideias se fixarem antes de … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre a fraude

Enquanto os dias passam, o trabalho vai escoando. E novos trabalhos vão surgindo. E é com isso que tenho de viver. E vivo muito bem. Cada vez melhor. Não me vendo nem invento um mundo paralelo de coisas que não … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre o Oásis de Bethânia

É pena que a cultura seja o parente pobre da sociedade. Um povo culto é um povo lúcido e capaz. Estou cansado de o escrever! Mas os líderes políticos e o mundo em geral parecem ter aberto uma guerra à … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário

Ensaio sobre a ambição

Há um equilíbrio que cada vez vejo menos. Por um lado é normal e expectável que exista um chefe e um trabalhador. Por outro é saudável que se entendam e se ouçam mutuamente. O que não pode nem deve ocorrer … Continuar a ler

Publicado em Não categorizado | Publicar um comentário