Ensaio sobre uma sexta-feira negra

É recorrente voltar ao mesmo assunto: cansaço extremo. Mas este tema tem um peso cada vez maior por estes dias. Na sexta vieram muito más notícias e confesso que neste momento estou um pouco destruído mas, como em tudo na vida, o que não nos mata torna-nos mais fortes. Assim, após o trauma inicial de um dia com notícias menos boas, e um acumular de stress enorme dos ultimos meses, tenho ponderado, com muita força, dar uma volta de 360 graus à minha vida. Não sei se feliz ou infelizmente, de tempos em tempos, sou obrigado a fazer de camaleão. Preciso reinventar o meu caminho, apagar todos os sonhos e projectos, e recomeçar. Ao contrário da maioria das pessoas, não sou de desistir ou ficar a viver à sombra de projectos que não se vão concretizar. Nada como recomeçar com força, com determinação e ciente de que tudo acontece por uma razão. Em mim há mais força do que imagino. Depois de uns dias sem fazer nada, uma frustação enorme e um sentimento de vazio, é tempo de recomeçar a encher a vida com novos projectos. Se nos cortam as asas, isso não pode impedir-nos de voar. Temos de nos tornar leves e flutuar. Talvez seja por comodismo, mas sempre que consigo flutuar, deixo que as asas me cresçam sujeitando-me assim a que a maldade ache o seu caminho e a tesoura do inconveniente me faça bater com força no chão. Mas o material de que sou feito é muito mais denso do que me imaginam. Os pedaços desagregam mas não se perdem. Lentamente, em questão de dias, estão de novos colados. Novas cicatrizes marcam a ligação entre os nervos, a pele, a carne e o coração. Depois é só o acto de respirar profundamente e com esse ar tornar-me leve de novo. Flutuar. A solução só pode passar por flutuar sem deixar que as asas cresçam. Não sendo o ideal, é o mais seguro. Desistir não é opção e toda a pressão tem de desaparecer sem recurso a qualquer acto de maldade. Não me alimento de ninguém, nem o fruto do meu trabalho é regado com o esforço de outros que não o meu! De consciência tranquila sigo em frente, e se de betão for o muro, vou rachá-lo ao meio com a minha própria cabeça. Vou atravessar pela lei da física mais elementar: o espaço entre os átomos, num alinhamento perfeito, permite que atravessemos todo o espaço físico. Nada melhor que tentar ser o mais perfeito possível… Para flutuar preciso largar tudo o que me puxa para baixo. O coração deve estar livre e desocupado. Os maus sentimentos, esses que tanto pesam, ficam de fora. Em mim só o trabalho e o Amor verdadeiro acham caminho. O resto foi apenas estrume para o sucesso. Não tenho dúvida que vou flutuar, depois de largar o que me pesa. Tenho as qualidades, a capacidade e trabalho muito para isso. O Mundo não acaba com as más notícias. Com elas apenas aprendemos a recomeçar. E não será a primeira, segunda ou terceira vez que vou recomeçar tudo. Novos esboços estão a ser feitos. Uma nova estratégia será delineada. Vou reaprender a flutuar porque não é tarde demais. De positivo fica apenas a lição de que não podemos ganhar asas e depender do bom tempo. Flutuar. Flutuar é a solução para chegar lá… Depois de uma sexta-feira negra, houve um fim de semana que passou rápido demais e uma segunda sem fazer nada. Virá uma semana muito complicada, mas a minha cara vai rejuvenescer e o meu corpo flutuar. Vou arriscar (ainda) mais e com mais força. Este é o momento para tentar flutuar. Não quero saltar, voar ou apressar-me. Ando devagar porque já tive pressa… e só eu sei porque levo esse sorriso! Flutuar. Em breve estarei de novo a flutuar como convém. Houve uma sexta-feira negra, mas há tantos dias belos para se ter esperança, porque mereço! Ora, e porque quero uma batida animada: https://www.youtube.com/watch?v=vh6G8JF6HtQ

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s