Ensaio sobre o novo Papa

Temos um novo Papa. Embora não seja católico, tenho a obrigação de respeitar a crença e perceber que este é um momento importante para milhões de pessoas. A esperança e a fé são motores para a Vida de muita gente. Por isso é muito importante este novo Papa. O meu espírito é sempre positivo e embora pense que a Igreja teve muito de negativo e de atraso no desenvolvimento das sociedades modernas, teve também o mérito de tomar nas suas mãos muita da educação e do avanço que se teve nos ultimos séculos. Nem tudo foi tão mau assim. É preciso saber dar importância às coisas realmente importantes. A cabeça que rege uma instituição com a importância da Igreja, tem de ser de uma das pessoas mais influentes do mundo. Coordena milhões e controla muitas das decisões políticas do mundo. Tem ainda o poder de exercer pressão. É muito para uma só pessoa. Eu que não acredito no poder divino sobre a cabeça pensadora do Papa, tenho apenas de desejar que os cardeais tenham escolhido uma pessoa capaz, equilibrada, séria e acima de tudo inteligente para fazer o Bem. De resto, pouco me importa se é líder da Igreja ou de outra qualquer instituição. O que realmente importa é que o Poder esteja concentrado na mão de quem seja capaz de o usar com sabedoria para ajudar as pessoas. Infelizmente diz o passado do Papa que a coisa pode ser complicada. É que da associação à ditadura argentina e à ala mais radical da Igreja ele já não se livra. Esperemos que seja apenas fumo. Branco. A Igreja necessita de renovação e de se concentrar mais nas pessoas e esquecer o Poder e o dinheiro. Mais que nunca, nesta época de crise, necessitamos de instituições que apoiem as pessoas que atravessam momentos difíceis. É preciso um conforto humano e da alma que a Igreja pode muito bem fazer. É preciso gente no terreno a olhar pelos mais desfavorecidos. São precisos braços para trabalhar o futuro e vozes de esperança e ânimo. A instituição Igreja pode e deve ser muito mais que um centro de intrigas e poder. Está nas mãos deste novo Papa fazer com que o Mundo se esqueça dos males que a Igreja tem feito. A pedofilia, as condenações e a falta de compaixão. Este Papa pode transformar a vida de muita gente. Para o bem e para o mal. Eu queria muito acreditar que nos próximos anos assistiremos a uma transformação radical do mundo com uma Igreja pró-activa para o bem geral, e não para o bem de alguns. A sociedade precisa da extinção ou da transformação da Igreja porque tal como está, não tem qualquer sentido. Não serve os interesses do comum dos mortais, nem é sinónimo de Bem. Este Papa tem sobre si os olhos do Mundo. Tem a oportunidade de pelo menos tentar deixar uma marca incrivelmente boa no Mundo. Nós precisamos de gente influente que queira realmente trabalhar para as pessoas e pelas pessoas. Brancas, pretas, altas, baixas, magras, gordas, heteros, gays, mães de famílias, prostitutas… É preciso que alguém queira de facto aceitar cada um como é e concentre todas as suas forças na luta que é preciso travar para que a vida de Todos melhore. Era o que Cristo ia querer, certamente. É o que Deus, se existir, procura. A vontade de Deus não é a vontade dos homens, mas infelizmente depende dela. Este novo Papa pode ser efectivamente a voz do Deus que defende, ou o capricho do Diabo que existe em todos os Homens. O poder corrompe mas o Mal está nos Homens que se dizem defensores de bandeiras e ideais mas mal se sentam na cadeira do Poder, esquecem tudo e passam a actuar de acordo com “interesses maiores”. Espero que este novo Papa se concentre nas Pessoas. Tal como os países, as instituições como a Igreja deixam de fazer sentido se não se concentrarem nas pessoas…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s