Ensaio sobre ambições legítimas

A ambição pessoal é sempre muito superior à capacidade. São muito raros os casos em que a ambição descontrolada é concordante com a capacidade das pessoas. Basta olhar à volta e são imensos os casos em que isto acontece. De uma maneira geral, sempre que vemos alguém a perder horas de sono ou de trabalho com coisas menores, tão pequenas quanto vigiar o trabalho ou comentar a vida social ou íntima de outros, podemos ter a certeza de que é tudo fruto de uma enorme ambição muito superior à capacidade de quem tem esse tipo de comportamentos. A energia que gastam na intriga e na malidicência poderia ser usada para o trabalho e para a conquista. Há sempre tanto para fazer e tão pouco tempo… A mim o tempo não chega. Não sobeja vontade porque é toda aplicada no que realmente interessa. O reconhecimento, pessoal ou científico, é muito mais que uma medida métrica. Muito mais. As pessoas deviam convencer-se de que a maior vitória é o reconhecimento pelas pessoas que realmente interessam. Este ponto é essencial. Saber quem interessa de verdade! Os prémios podem ser imensos. As conquistas sexuais ou amorosas podem ser infinitas. Mas no fim de contas, o que importa de verdade é o reconhecimento de quem queremos, e de quem nos quer bem. Essas pessoas que tornam os nossos dias mais brilhantes e as nossas noites mais suaves, têm a responsabilidade para nos alertar quando saimos um pouco da órbita que deve ser o caminho que temos de percorrer. São as pessoas que gostamos que devem apoiar o que fazemos e é por elas que temos iniciativa e vontade de ir um pouco mais longe. O caminho é longo e não pode ser corrido a sós. A ambição pessoal é algo que mina tudo à sua passagem e afasta as pessoas de qualidade que trazem justificação, brilho e classe a esta nossa Vida. Tudo pode ser motivo de tristeza e desilusão quando não temos onde e em quem nos apoiar. A vida solitária pode ser uma opção. Diria até que é viável e tão aceitável quanto outra qualquer mas mesmo essa supõe que tem de haver um suporte. Alguém que atenda o telemóvel quando precisamos ou nos apoia quando é necessário. Se isso não acontece, se não conseguimos ninguém que nos ature ou que nos apoie, então é preciso repensar se não estaremos a fazer algo de muito errado. Algo que afasta todas as pessoas. As boas e as más. E isso também tem de ser evitado. A vida solitária é algo essencial para o meu equilíbrio mas em momento algum ponho em causa a necessidade de ter alguém em quem confiar. No fim do dia ás vezes é preciso desabafar, comentar, discutir, deixar claro e debater o escuro. Uma pessoa completamente só não é nada, nem ninguém. Nós só existimos porque os outros reconhecem a nossa existência e o nosso valor. E “os outros” têm nome e rosto. Não é a unanimidade que se deve buscar ou o reconhecimento alheio. Eu bem sei quem preciso que reconheça o meu trabalho. Sei na perfeição quem quero que me afague os cabelos e me despentei com a mão direita. Não preciso de desconhecidos a admirar-me. Chegam as minhas sobrinhas e os meus familiares que acham sempre que sou bem melhor do que realmente sou. Amigos e pessoas de qualidade profissional e pessoal inegável. E esse reconhecimento por pares de qualidade, por amigos próximos e por familiares é o único modo para manter o equilíbrio entre a exigência coerente de um reconhecimento que deve ser feito e uma ambição controlada e baseada apenas na felicidade. As pessoas, todas sem excepção, deviam fazer o que gostam e sentir-se realizadas com isso. A Vida é demasiado curta para se andar com ambições desmedidas e desregradas. Hoje estou aqui. Amanhã não sei onde estarei nem sequer consigo dizer que cá estarei. A única ambição legítima na Vida é ser feliz…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s