Ética para a vida

É nas pequenas coisas que vêm os grandes problemas. A ética para a Vida é um tipo de ética que me interessa muito mais que todas as outras… Não só porque me afecta directamente mas também porque envolve o bem-estar de todos. Poderia divagar sobre a ética na ciência e a usurpação da propriedade intelectual alheia, mas por uma questão de princípios não o vou fazer porque seria dar demasiada importância a gente tão pequena. Confesso que esse é, no entanto, o começo da falta de ética para a Vida. Em momento algum me sirvo dos amigos. Sou incapaz de usar a boa-vontade de alguém… É uma questão de educação. E de coragem. É preciso saber dizer Não. Gritar chega sempre que alguém ultrapassa a linha e põe um pé em falso. Eticamente é inaceitável ter os olhos postos apenas no umbigo e só os levantar quando algo falta e lhes chama a atenção. Distraídos caminham sem ver a longo alcance. Sem reparar no que pisam, em quem pisam… Não me peçam que seja benevolente. Não esperem de mim mais que um abanar de cabeça e um redondo CHEGA. A minha propriedade intelectual tem barreiras bem definidas. Sendo incapaz de usar grades e cercas, guardo a minha propriedade da melhor maneira que posso: ela está na minha postura. Podem roubar o que penso, o que faço e até o que escrevo. JAMAIS serão equiparados ao que SOU. A minha propriedade intelectual é não só o que aqui fica disperso em palavras, em rede, e nos projectos, e nos artigos, mas também o meu gesto de teclar, o bater dos dedos, o som, os pêlos arrepiados, o olhar e até o cansaço. Chego mesmo a pensar que devia alegrar-me por ver por aí tanta falta de ética. Faz-me crescer um pouco mais e acreditar no que o Futuro me reserva. Afinal, só quem nunca tocou verdadeiramente no que a Vida representa é que pode pensar que a usurpação é o melhor caminho. Será o mais fácil mas eu questiono-me: até quando? Até ao dia em que a lucidez chegue com o despertar… Não sei se se esta entrada faz algum sentido. Mas desconfio que escrevê-la me fez bem. Continuo em maré de azar. Não estou resignado mas tenho de aceitar com naturalidade que esta minha fase não é positiva. Não é… Não adianta fugir. Encaro-a de frente porque é ético. Porque é a maneira certa de fazer as coisas. Não há toques laterais nem costas voltadas para o mau tempo. Não vou por atalhos nem me vou esconder no canto mais confortável. Pelo contrário. É nesta maré que tenho de navegar. Sozinho ou acompanhado continuo… Muito em breve terei passado o cabo das tormentas e estarei, pés descalços, na praia do Cabo da Boa Esperança. E todo o meu caminho foi percorrido em correntes frias, com turbulência mas sem embater propositadamente em ninguém. E vou crescer sem jamais ter de diminuir alguém porque não preciso de me descobrir no desnorte de alguém, pelo contrário. Eu quero é descobrir junto. Porque é mais quente… e mais ético. Sou sempre sincero no que escrevo. E hoje, não sendo excepção, termino dizendo que um dos maiores problemas dos nossos dias é a falta de ética para a Vida. Não há nada como recebê-la como uma dádiva e aceitar que nem todos servem para tudo. Há quem sirva para Amar, há quem sirva para Amizade, há quem sirva para Cientista… e há muito quem não sirva. Um dos maiores desafios é reconhecer quem serve e quem não serve para tocar as nossas vidas. Não quero ser lembrado por nada mais senão pela minha postura e pela maneira ética como sempre encarei todo e qualquer desafio ainda que esta minha atitude moral me tenha trazido mais dissabores que alegrias. Os meus valores não estão à venda. A minha propriedade intelectual nem minha é. É dos meus… Daqueles que me respeitam e a respeitam. Só assim faz sentido. Se não tens uma, corre, apressa-te. Sem isso não vais longe…

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s