‘ Tristeza é egocentrismo quando não existem motivos aparentes’

Acordei tão triste quanto o pássaro que não pode voar. Exijo
de mim que não se note. Tenho receio que manche um pouco a minha postura. Há anos
que tento sofrer sozinho porque sei que a tristeza é egocentrismo quando não
existem motivos aparentemente tão relevantes assim. Fico melancólico quando o
cansaço chega e as coisas não correm como deviam. Estou a dias de entregar a
tese de doutoramento. Pelo menos tenho levado o esforço quase ao limite na
tentativa de que nada falhe da minha parte. Será um dia tanto mais importante
quanto a cura da asa do pássaro que há muito aguarda o voo da liberdade. Mas as
coisas teimam em não correr bem. Não sei se é azar, pressão ou pressa mas os
artigos teimam em não ser publicados em revistas relevantes. Não mata mas mói…
Depois de tanto trabalho e tantas horas de dedicação, sei que o trabalho tem
relevância científica suficiente para ser publicado nas revistas que escolhi
mas parece que há uma sombra qualquer, nesta fase, que me impede de ter o
trabalho aceite. Acordo assim: desanimado. Não tenho vontade de baixar os
braços e deixar o tempo correr à espera que algo seja feito. Quero ser livre
já! Quero soltar as amarras e navegar ao sabor do vento. Preciso de acreditar e
readquirir a minha autoconfiança que não é o que era. Confio em mim e no meu
trabalho sem o exagero de pensar que tudo é perfeito ou ideal. Só preciso de um
pouco mais de sorte e, quem sabe, de um pouco de incentivo…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s