Não há espaço para uma segunda hipótese

O trabalho aperta. Nas próximas duas semanas a minha vai ser
uma loucura. Há anos que não frequento um curso a sério e não fosse a
obrigatoriedade e a exigência profissional não faria nunca mais um curso. Não ando
com cabeça para estudar e muito menos para ter horas seguidas de aulas. Por mais
interessantes que possam vir a ser as palestras (e eu acredito que vão ser…) a
minha disposição para estar fechado numa sala com 35 pessoas a ouvir alguém
durante horas e horas é zero. Zerinho… nada de nada. Mas lá terá de ser. Amanhã
por volta das 8:30 lá começo eu… e só no próximo dia 30 vou terminar com um
exame. Imagine-se… com esta idade vou ter de fazer apresentações em grupo e um
exame. Tudo para ter habilitação internacional para fazer cirurgias em animais.
Lá terá de ser. Não bastava ter um artigo para re-submeter, estar a escrever
outro e ter a tese para terminar, meti-me em mais um curso. Ai como o tempo vai
fazendo um cerco à volta! Em breve quase não vou ter tempo para respirar. E para
comer… e para beber… quiçá para ler!! Que absurdo. Espero não ter de desistir
de alguma coisa. É preciso arregaçar as mangas e fazer o que tem de ser feito. Não
há tempo a perder nem espaço para segundas hipóteses! Tudo tem de ser feito
depressa e bem.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s