‘ Gostava de ver a minha face reflectida pois podia sonhar que era a face de outra criatura ‘

O trabalho corre a um ritmo lento. O cansaço tomou conta do meu corpo.
 São noites mal dormidas mas nunca mal passadas pois aproveito essas horas preciosas para ler Fernando Pessoa. Ainda não terminei de ler a minha colecção de toda a sua obra. É extensa mas acima de tudo de uma qualidade extraordinária.
   Nas viagens de comboio continuo a ler a antologia poética da Natália Correia que me conquistou desde o primeiro verso: ‘ ò subalimentados do sonho, a poesia É PARA COMER ‘
  E assim é de facto. Neste ponto da minha vida, passo sem uma refeição, consigo estar 2 noites sem dormir mas não me consigo afastar de 2 coisas: Poesia e Maria Bethânia.
  A frase que hoje escolhi é, para mim, de uma coerência extraordinária com aquilo que um verdadeiro artista pode sentir. Proferida pela Bethânia toma uma dimensão que nenhuma escrita pode transmitir.
  Gosto especialmente desta frase por revelar que os sonhos, sempre o sonho e a imaginação pode transformar tudo em nós… Fernando Pessoa fez-me despertar para este estranho mundo de sonhos de onde estive ausente durante anos… Eu posso olhar a minha face, e vê-la reflectida e, como estou bem dentro da minha pele não preciso de julgar que akela é a face de outra criatura. Não sendo narcisista, vivo muito bem na minha própria pele e com a minha face. Vivo orgulhoso de tudo o que consigo e construo, Vivo com um orgulho de ser o que sou mesmo com toda a ‘maré de circunstâncias’ que me empurrava para lá e para cá.
  Esta noite li um texto do Nandinho onde ele afirmava ter pena de quem é feliz pois esses estão sempre preparados para a Morte e a esperam com tranquilidade. Pois eu estou feliz e a aguardo com serenidade, com o dever cumprido. Estou feliz e só por isso já valeu a pena estar por cá… Por isso esta noite, no meio das minhas insónias, percebi claramente porque sempre disse que gostava de morrer novo. Não era bem isso que queria dizer… Acho que já tinha percebido que apenas queria estar prepararado cedo, apenas queria estar feliz o mais cedo possível.
 E assim estou. Tranquilo e sorridente… Com a face reflectida e o sorriso estampado para mim… uma pessoa vitoriosa
 Bem, parece uma auto-promoção isto… mas tinha de escrever sobre este meu sentimento de estar em completa sintonia comigo mesmo. Nunca me senti tão bem na minha pele… e nunca me senti tão satisfeito. Um miúdo que aos 8 anos queria no máximo não ser alcoólico hoje está a fazer um doutoramento. Um miúdo que nunca se sentiu amado recuperou o amor da família, amigos e até numa relação duradoura. Eu que apenas não queria ser preso eternamente num colégio hoje compro casa própria e ofereço prendas que nunca sonhei conseguir comprar. Por todo isto e muito mais não faço da frase de hoje o meu lema. É uma frase linda… mas eu adoro ver a minha face reflectida pois podem roubar-me tudo mas nunca esta satisfação de ter conseguido tudo sozinho…
  Até breve
 
 
                                                          fuinhoooooooo
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s